segunda-feira, 26 de julho de 2010

Portugueses andam cada vez mais de transportes

7/26/2010 Carris (Lisboa)



Existem cada vez mais portugueses a trocarem as viagens de carro pela utilização dos transportes públicos, nas áreas metropolitanas do Porto e de Lisboa, noticia o jornal Sol.

Segundo o mesmo jornal, do comboio ao autocarro, passando pelo metro e pelo barco, as empresas de transportes públicos registam aumentos que chegam aos 2,9% no número de passageiros e de passes vendidos, no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2009.
“É a crise. As pessoas não têm dinheiro para se deslocarem e deixam os carros em casa, em favor da utilização dos transportes públicos”, explica o professor catedrático, especialista em transportes, Fernando Nunes da Silva.
Por exemplo, a Fertagus, operadora do comboio Lisboa-Setúbal, teve uma subida de 2,9% no número de passes mensais vendidos na primeira metade de 2010 – mais 280 mil passes para 10,1 milhões. É a primeira vez que a Fertagus vende mais de 10 milhões de passes em meio ano.
Desde 2005, a empresa registou um aumento de 1,31 milhões de passes vendidos nos primeiros semestres de cada ano, o que demonstra que a fidelização dos passageiros do chamado "comboio da ponte" é cada vez maior.
“Está previsto que, a partir de 2011, a empresa possa atingir o equilíbrio financeiro e tornar-se autónoma do Estado, não recebendo compensações pelo serviço público efectuado”, disse fonte oficial da empresa. Em 2009 a Fertagus recebeu 10,47 milhões de euros de compensações indemnizatórias, tendo devolvido ao Estado 1,92 milhões.

Também a Carris aumentou a venda de passes em 0,81%, isto é, um crescimento de cerca de 18 mil títulos mensais em relação a igual período do ano passado, para um total de 2,1 milhões de passes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário