quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Câmara de Almada quer expansão da rede do Metro Sul do Tejo


quinta-feira, 30 de Setembro de 2010 | 10:06 - Diário Digital

A Assembleia Municipal de Almada (CDU) aprovou uma moção que defende a expansão da rede do Metro Sul do Tejo (MST) e a inclusão do transporte no passe intermodal para aumentar o número de passageiros.

A moção, apresentada pelo Bloco de Esquerda e aprovada pela CDU, PS, BE e CDS-PP na última reunião realizada na quarta feira à noite, defende que «se passe rapidamente à segunda e terceira fases do projeto, que levará o MST aos concelhos do Barreiro e da Moita e às freguesias da Trafaria e da Costa da Caparica”, e que se inclua o MST no passe intermodal para diminuir os custos dos utentes.

Além disso, estabelece que se reclame «o entendimento entre os operadores de transportes da margem Sul do Tejo para que se crie um sistema integrado de transportes para atrair mais passageiros para o MST”.

A 15 de setembro, em declarações aos jornalistas, o secretário de Estado dos Transportes, Carlos Correia da Fonseca, afirmou que a segunda e terceira fases do projeto do Metro Sul do Tejo só vão poder concretizar-se quando o metro atrair mais passageiros.

O secretário de Estado afirmou que o Governo paga «bastante mais do que era previsto em indemnizações compensatórias».

Nenhum comentário:

Postar um comentário